Os benefícios e malefícios do mel - para quem, quando e quanto! Conteúdo calórico do mel, suas propriedades benéficas, variedades: tudo sobre o mel, seus benefícios e possíveis danos

Antibiótico natural, imunoestimulante forte - o mel tem sido procurado há muito tempo como um universal, além disso, um multivitamínico extremamente saboroso.

A composição do mel inclui substâncias que são vitais para o funcionamento normal do corpo humano. Assim, um produto de abelha natural contém carboidratos (70-80%), que nos fornecem energia em 10%.

Além disso, o mel é uma combinação de ácidos orgânicos e inorgânicos, aminoácidos, água, proteínas, vitaminas, substâncias voláteis, aromáticas e outras substâncias.

A composição química do mel pode variar ligeiramente dependendo da sua variedade. O solo e as condições climáticas da região, assim como as plantas das quais as abelhas coletam o néctar, afetam o conteúdo de certas substâncias no mel.

O mel é muito mais doce que o açúcar. Tem um aroma e cor especiais de amarelo claro a castanho escuro, bem como várias constituições.

Estima-se que 100 g de produto contenham 82 g de carboidratos. Em percentagem, o produto da abelha contém 40% de frutose e 35% de glicose. Em alguns tipos de mel, sobre os quais um pouco mais baixo, a frutose prevalece. Esse tipo de mel é mais doce.

Mas se a composição do produto natural contém mais sacarose, então esse mel irá cristalizar.

Foi estabelecido que 100 g de mel contém cerca de 327 kcal, e seu valor nutricional depende diretamente de sua variedade.

E agora sobre variedades, propriedades e qualidade um ou outro tipo de mel.

Mel de acácia considerada uma das melhores variedades. Contém mais frutose que a glicose.

Linden querida - produto de alta qualidade. Cheira bem de tília, tem uma cor amarela pálida. É o mel de tília que é famoso por suas propriedades curativas.

Atua como agente antibacteriano, antimicrobiano, expectorante e fortalecedor do coração.

Mel de hortelã cheira a hortelã. O produto tem um efeito pronunciado calmante, analgésico, anti-séptico, colerético.

Os benefícios desse mel são inestimáveis. Ele contém muita vitamina C, que, como você sabe, fortalece as defesas do corpo.

Trevo mel quase incolor. Ele difere de outros tipos de mel no cheiro sutil das ervas do prado.

Mel de framboesa agradável tanto em cheiro como em gosto. Este tipo de mel é útil como remédio.

Mel de trigo mourisco. O nome do produto fala por si. É claro que o néctar é coletado do trigo mourisco. O produto tem uma cor marrom escuro pronunciada (um pouco com uma tonalidade vermelha). Ele contém muito ferro.

Mel de castanha ligeiramente "amargo". Este tipo de mel é caracterizado por uma cor escura e um agradável odor castanho.

O mel de castanha é famoso pelo seu forte efeito antimicrobiano. Não é de surpreender que esse tipo de mel seja usado com mais frequência para doenças gastrointestinais e renais.

Mel de urze sabor azedo. Tem um cheiro especial, não muito atraente. No entanto, isso não significa em absoluto que este tipo de mel é desprovido de propriedades úteis.

Pente de mel duplamente útil. Afinal, os favos de mel estão se curando. E em combinação com o mel, eles têm um poder ainda maior para o tratamento de várias doenças.

Favo de mel pode ser mastigado lentamente (como goma de mascar), saboreando e desfrutando de um sabor agradável.

O uso do mel por dentro e por fora

Provavelmente há poucas pessoas que não gostam de chá com mel. Mas o mel não é apenas uma bebida agradável. Ele dá saúde. E sobre os benefícios do mel um pouco menor. Nesse meio tempo, sobre maneiras simples e eficazes de usar um produto natural.

1. O mel é usado como uma solução para lavar o nariz com o nariz escorrendo. Se você não tolerar cebolas e alho muito bem, e você não quiser usar preparações nasais por qualquer motivo, use uma solução de cura de mel (uma colher de chá em um copo de água morna) para enxaguar seus seios.

Despeje um conta-gotas da composição medicinal primeiro em uma narina e depois na segunda. Execute o procedimento várias vezes ao dia.

2. Mel de uma tosse prolongada. As propriedades benéficas do mel permitem que ele seja usado para doenças do trato respiratório superior. Assim, os bolos que precisam ser armazenados na geladeira ajudarão a se livrar da tosse.

Eles incluem banha, mel, ghee (todos os 100 g cada). Para melhorar o efeito terapêutico, você pode adicionar 3 colheres de sopa de cacau.

3. O mel também é usado como um sedativo para distúrbios do sono. Para se livrar da insônia, coloque um pouco de abelha debaixo da língua e, adormecendo, dissolva-o.

4. O mel limpa o corpo por dentro. Usando uma solução de mel quente (uma colher de sopa de produto por litro de água morna), em que várias gotas de suco de limão espremido na hora e uma colher de sal são adicionadas, faça um enema.

Este método de limpeza ajuda a eliminar os microrganismos putrefactos do intestino, o que significa fortalecer a imunidade.

5. Em batalhas na parte inferior das costas, contusões e hematomas, é aconselhável usar massagens com mel que melhorem a circulação sanguínea e o movimento linfático.

6. O mel é amplamente utilizado em cosmetologia. Então, uma máscara de mel limpa, nutre, hidrata a pele.

Misturado (1 colher de sopa) com 1 gema e óleo vegetal (1 colher de sopa) de mel não só dá uma tez fresca, descansada, mas também um excelente humor.

Mel: benefícios para o corpo

Devido ao rico conteúdo de nutrientes, o mel pode, com razão, ser considerado o produto mais útil e mais popular.

Bactericida, antimicrobiana, antifúngica e outras propriedades benéficas do mel tornam indispensável para resfriados e doenças infecciosas.

O mel alivia a inflamação, suaviza a respiração e restaura as defesas perdidas na luta contra a doença.

Os benefícios para a saúde do mel são devidos à rica composição vitamínica e mineral do produto. O mel é a melhor ajuda digestiva. É capaz de reduzir a acidez do estômago, curar úlceras, melhorar o funcionamento do fígado e dos rins.

Além disso, as propriedades benéficas do mel incluem sua capacidade de afetar beneficamente a condição da pele. O mel lida com um problema como murchar a pele, erupções cutâneas, feridas.

Reduzindo a fadiga, aumentando a eficiência, reduzindo os efeitos negativos do estresse, eliminando a ansiedade - tudo isso é o benefício comum do mel para o corpo humano.

Mel: qual é o dano para a saúde?

Conhecendo as propriedades úteis do mel, não se deve esquecer que, como qualquer outro produto, o mel tem algumas contra-indicações, que podem se tornar a razão para muitos se recusarem a usá-lo.

1. O mel tem alto teor calórico. Esta valiosa qualidade nutricional não é adequada para pessoas obesas.

2. Claro, o mel é bom para sua saúde. Mas não pode ser usado para uma reação alérgica ao produto.

3. Além disso, o mel é proibido para crianças menores de 3 anos de idade. Sua composição inclui substâncias que são úteis para um adulto, mas não para uma criança.

4. O dano do mel consiste em seu uso excessivo. Muitas vezes as pessoas, zelosamente, tentam nutrir seu corpo com o maior número de componentes úteis.

No entanto, uma superabundância de mel pode levar a sérios problemas com os rins e pâncreas. A dose máxima de um produto âmbar que pode ser consumido sem causar danos à saúde é de 150 g.

Quer se divertir mais? Distribua a porção durante todo o dia, saboreando um pouco do seu mel favorito.

5. Como mencionado acima, o mel é prejudicial para crianças menores de 3 anos de idade. As crianças mais velhas podem comer mel. É melhor misturá-lo com o seu mingau favorito ou chá não quente.

Os benefícios e malefícios do mel para mulheres grávidas e lactantes

Um produto único é indispensável durante a gravidez e lactação (com raras exceções).

Devido às suas propriedades cardioprotetoras, antibacterianas, antifúngicas e outras, o mel tem um efeito benéfico no corpo da gestante e do bebê.

O mel fortalece o sistema imunológico (seu enfraquecimento é a causa de muitos problemas das mulheres grávidas), normaliza a pressão sanguínea, alivia a fadiga e fornece energia vital.

Muitas mulheres em trabalho de parto que têm trabalho de parto complicado ou prolongado recebem uma injeção de mel. Este fato eloquentemente fala a favor deste produto para mulheres grávidas.

Além disso, o mel tem um efeito positivo no sistema nervoso da mulher, que é conhecido por ser fraco durante as alterações hormonais.

Então, as principais propriedades benéficas do mel para grávidas e lactantes:

• vitória sobre toxicosis

• a capacidade de adormecer bem

• livrar-se da azia, inchaço, prisão de ventre

• ajuda no tratamento de resfriados

• livrar-se da doença de manhã

O dano do mel para mães grávidas e lactantes:

• reação alérgica

• capacidade de reduzir a pressão

Para que o mel traga benefícios para a saúde e apenas benefícios, seu consumo deve ser limitado durante o período de espera ou alimentação do bebê. A dose recomendada é de duas colheres de chá por dia. Isso é o bastante para obter toda a gama de substâncias úteis contidas no produto.

Mel para crianças: útil ou prejudicial

Produto natural natural - o mel é bom para o corpo do bebê. O uso do mel de qualidade possibilita que as crianças se desenvolvam ativamente. Os bebês que comem regularmente mel aumentaram a hemoglobina.

Essas crianças têm um bom estado geral, absorvem melhor o magnésio e o cálcio, que formam o esqueleto.

O mel contribui para uma excelente digestão. Isso ajuda a derrotar a infecção, melhora a visão. E o mel também tem um efeito relaxante no sistema nervoso frágil da criança e torna possível ter um bom sono saudável.

Naturalmente, o mel é bom para a saúde das crianças. Mas não para todos. Se o bebê tem uma tendência a alergias, é melhor adiar o uso do mel.

Os peritos recomendam que geralmente até 6-7 anos dispensam o mel. Ou dar a crianças, a partir de 3 anos de idade, 20 g cada em várias doses, adicionando ao chá (não quente!), Queijo cottage, kefir.

Não é recomendado dar às crianças mel por mais de um mês. Faça uma pausa de duas semanas e continue a terapia médica.

Mel: prejudicar a perda de peso

Com todos os benefícios do mel para o corpo, perder peso, aqueles que estão em uma dieta não devem abusar deste produto. Afinal, ele é altamente calórico!

O mel é contra-indicado na obesidade e diabetes. Portanto, se você precisa perder peso, é melhor consultar um especialista sobre a questão de tomar mel no seu caso.

O fato de o mel ser útil é um axioma. No entanto, cada regra tem suas próprias exceções. Usando até mesmo o produto mais útil, é necessário cumprir a medida. E, claro, certifique-se de que o mel é da mais alta qualidade. Só neste caso podemos esperar resultados positivos do uso do “milagre âmbar”.

Loading...